MMU1 versus USL (em português)

(Temos tradução para esta página de introdução em Espanhol, Francês, Alemão, Português e Coreano. Pedimos desculpas pela má tradução em suas línguas.)

(Nós temos os 2 botões de tradução no topo, coluna da direita zona ao longo deste site.)

A série de USL, USL1, e depois MMU1 foram criadas por Lee e foram projetados para capacitar a mente (especialmente de matemática) das pessoas para que possamos superar as crises globais muito mais rápido e mais fácil do que tradicionalmente sequer imaginado ser possível.

Nosso principal resumo:

  1. O nosso lema: para acabar com a pobreza matemática é acabar com a própria pobreza, não em 50-200 anos +, mas para cuidar da pobreza matemática em 5-10 anos ea própria pobreza em 10-20 anos, nada mais, se o governos (cidades, estados ou países) podem colaborar conosco e apoiar as causas.
  2. O que MMU1 se suportado pode fazer: para elevar a pobreza matemática (cerca de 25 percentual da população estudantil) para a prosperidade de matemática (cerca de 75 percentual da população), começando no distrito, os níveis da cidade e, em seguida, para os estados e, em seguida, talvez nações em 2-4 anos, e não 50-100-200 anos.
  3. Normalmente, quanto tempo leva para aumentar a média nacional ou estadual de matemática da maneira MMU1 pode? 50-200 anos (se usarmos os dados da avaliação de matemática globais para os últimos 15-20 anos + do PISA, TIMSS, e para a NAEP dos EUA).
  4. Quais serão os impactos econômicos? Se totalmente utilizado o rendimento real médio anual aumento per capita será de pelo menos 4-10 vezes, dependendo do nível da evolução económica das nações.

 

NOTA: Para cada uma das afirmações ou reivindicações abaixo, por favor, clique para ver as páginas de origem que podem aumentar seus entendimentos.

Uma regra áspera da essência polegar da MMU1 a OCDE, os EUA e os países da América Latina é aqui resumido nesta tabela com base na média EUA vs. a de Puerto Rico.

Siga as setas amarelas que simbolizam o tamanho do crescimento devido a MMU.

a essência de MMU1 capturado nas setas amarelas

Para visualizar mais clara, por favor clique no imag e .

Por favor, leia as palavras escritas nos 5 blocos retangulares. Então, imagine que em suas cidades , distritos e estados,

  • a proficiência de matemática (seja para NAEP, TIMSS, ou PISA) dos países da OCDE não-asiáticos ou latino-americanos ocidentais não vai ser 10-30% mais, mas 60% (que é o estado EUA melhor matemática ou grandes cidades pelo menos para o grau 4) ~ 80% (muito além dos top 5-6 nações matemática Ásia Oriental atuais).
  • a proficiência de matemática (seja para TIMSS, ou PISA) da América Latina acima dos países médios – 1) LAC camada superior (Chile, Uruguai, México, Costa Rica e Trinidad e Tobago) ou 2) LAC meados camadas (Brasil, Argentina, Colômbia, Equador) – exceder a média EUA corrente (para a camada superior LAC) ou vai subir perto ou superior à média EUA após MMU1 abalo.

Para o nível de 80% é maior do que a melhor nação de matemática (por exemplo, atualmente médio estimado dos 4 países Tigres Asiáticos). Então, para reconhecer sua profunda potencial e crescer juntos ou ignorar a estagnar durante décadas são as suas escolhas, seja ele racional ou medo-bound.

 

O que o criador destes feito por isso até agora?

Lee foi executado estudos-piloto da USL original, em seguida, MMU1 (matemática percentil 25 rapidamente a percentil 75), publicou uma série de artigos sobre as estagnações matemática como reais, liberando justificativas econômicas cerca de necessidade absolutamente urgente de MMU1 para a maioria dos governos, seja distritos , cidades, estados ou países.

  1. Ele correu os estudos-piloto USL originais do México um d Guatemala por 8 escolas (públicas e privadas) e 3 cidades, 8 escolas para mais de 1.200 alunos . Ele fez a maioria deles aprender o que normalmente levam 30-40 dias em apenas uma classe de 30-40 minutos com aproximadamente os mesmos resultados do teste de matemática. Este foi testado para as séries de 2-11. (Mais tarde Lee abandonou o projeto depois que ele percebeu que os estabelecimentos EDU e negócios nunca vai apoiar isso, pois é muito perturbador e uma revolução absoluta da mente, que ninguém realmente quer.).
  2. Em seguida foi USL 0,5-1 para capacitar o maior número de países para superar a pobreza de matemática em 2-4 anos . E mesmo este tinha um monte de resistências na Guatemala ea maioria dos governos pobres matemática não parecem aceitar a possibilidade, embora este foi cerca de 4-8% da capacidade USL originais.
  3. MMU1 (Mini Mini USL1): este é o que Lee está empurrando principalmente para colaborar com várias cidades e distritos escolares de países mais desenvolvidos fora da Guatemala (depois de perceber que o governo aqui não iria apoiar qualquer, pelo menos por vários anos ou, provavelmente, uma década) . As evidências a partir de dados a partir de 2 escolas privadas (tanto uma das melhores escolas primárias ou secundárias e do ensino secundário é considred o melhor em todo o estado de Solola e suas instalações INFORMÁTICA foram fornecidos pela AID US ) i n Guatemala é dado aqui .
  4. A cobertura da mídia (estaduais e nacionais TVs de Guatemala) : devido à covardia sem visão de outros meios de comunicação comerciais nacionais na Guatemala, Lee tinha apenas os3 vezes do canal VEA (, um canal de TV não-comercial nacional da Guatemala), com o zero absoluto cobertura dos jornais nacionais e televisões comerciais, embora alguns editor-chefe prometeu para cobrir, mas traído suas promessas. Então, para fazer o MMU1 mais global, Lee está se concentrando em países mais desenvolvidos (em vez de ficar atolado em uma terra sem esperança de covardes) a partir de Fevereiro de 2017,. Não mais Guatemala, terminou total e absolutamente.
  5. Série documento de trabalho sobre a chamada “Math Estagnação Unidas” sobre quase todo os países da OCDE (desenvolvidos), incluindo os EUA, as inteiras 50 estados dos EUA, e cerca de 20 grandes cidades dos EUA (ou distritos), bem como a maioria dos países da América Latina e do top 5-6 nações matemática EDU da região do nordeste da Ásia.
  6. Você precisa utilizar as propostas MMU1 como o primeiro passo para superar a pobreza matemática para as cidades, distritos, estados e até países que podem apoiar a causa, porque sem isso, Lee simplesmente não vê os futuros crescimentos de matemática porque o nacional e os dados do teste de matemática internacionais dos últimos 10-20 anos + mostram claramente que para a maioria dos países desenvolvidos, as estagnações matemática continuará como os padrões estatísticos parecem todos apontando para aquela direção com as estagnações econômicas devastadoras, eventualmente (Clique para obter o Resumo Executivo sobre esta ) .
  7. Propor MMU1 propostas estudo piloto para o povo distritos, cidades, governos, filantropos, ONGs, investidores, mídia e outras pessoas afins (resumidos neste 1 página highglight) que são racional e eficiente para ir directamente para as causas profundas da problemas em vez de lamentar-se e queixar-se, orando com o pensamento positivo interminável que não dar frutos e não vai dar frutos.

Qual é o próximo?

  1. Lançamento do livro mais abrangente sobre este; assim Lee precisa de um editor para isso.
  2. Talk show aparências nos EUA e em muitos países desenvolvidos em 2017 (e preciso de sua ajuda para se conectar a qualquer cidade, estado e apresentadores de talk show nacionais para TVs e rádios e online).
  3. Para executar vários estudos-piloto cada um dos quais executado em pelo menos 4.000 estudantes (2k para a matemática metade mais pobre eo outro 2k para a matemática mais rico meia) nas várias cidades dos EUA, Reino Unido, Austrália, Nova Zelândia e Canadá e todos outro. Assim, onde quer que esteja, por favor, ajudem a causa de Lee para capacitar o mundo.

 

Introdução sobre MMU1 (Mini Mini USL1) é uma versão aperitivo de USL1, que ainda é apenas um primeiro passo da USL completo.

Google Traductor

Traductor, tradução, 번역 (predeterminado en español)

current focus on MMU x.x series

MMU1: just to uplift the math poorest half average to the math top half average, which normally would take at least 50-100 years in the average OECD nations with almost no exceptions at least according to the PISA and TIMSS math rsults 1995-2015 (and you should know that this is a revolution, not some sort of useless reforms that have been going on in the entire developed OECD nations). To reduce the hyper-skepticism, my initial target may be reducing the math poverty by 20-30% and raising the proficiency in similar manner, which still would normally take at least 30-50+ years in at least 90% of the developed countries, their states or big cities. Current focus is on the MMU1 series as the warm-up exercises as forms of pilot studies to demonstrate the math EDU revolution is not only possible in spite of the hyper-bureaucracy of the EDU establishments that simply would not any of the most breakthrough innovations in EDU and will instead keep on playing with the furitless, fancy toys of the math EDU apps and technology.

The Fundamental Premises Of USL1 And USL

USL will use the colossal cognitive capital potentials of STEM education (especially Math at the moment), because USL can make the learning 10-50 times faster and more effective than the Business As Usual typically, to trigger the equally colossal gains in the socio-economy in exchange of their willingness of the participating governments - under a new UN-led treaty hopefully - to collectively contribute the reasonable ratios of the expected surplus gains in their economies to resolve the top global crises. Each of the governments will mostly focus on resolving their crises of course, but they have to contribute to the world communities to prosper with the sustainable growths together not at the exclusion of half of the world that is poverty-stricken. USL 1 will be the fastest, easiest, and cheapest way to collectively contribute the effectively gained, USL1.0-induced surplus economy (in a sustainable manner) to resolve the most serious global crises (for all governments and the UN) based on the 5UE principles: to transition towards the resource-based, renewable energy-based, sustainable global environment and the circular economy, to help end the poverty much faster than without, while making the average people learn math and science faster and easier than prodigies. As the original USL is too fast and too disruptive (as it can literally make average people learn math and science 1,000%-50,000% times faster) to transform and people are too skeptical, we are currently focusing on only 2-5% and up to 10% at most of its capacity called USL 0.25-0.5-1.0 for the state and national governments as well as the UN.

USL1 Global Movements With Governments: 3 Steps & 3-Tier Economic Gains

STEP 1) Math Education Reform USL 0.25 at the city and USL 0.5 at the state government levels (advancing their regional average math skill levels by half a year, which normally takes 10-30 years to most of the OECD countries, in just 2-3 years). STEP 2) Math Education Reform USL 0.5 at the state government levels (advancing their regional average math skill levels by 1 year or more, which normally takes 2-5 decades to most of the OECD countries, in just 2-4 years). STEP 3) Math Education Reform USL 1 at the national government & the UN treaty levels (advancing their regional average math skill levels by 2 years or more, which (almost) never happened to virtuallly all of the OECD member countries, in just 2-5 years). For each of the following step, we will try to create local, regional, or national Social Enterprise for each government - if they are willing as the gains are tremendous potentially - to share the profits together. So the governments will have the 3-layered benefits: ... 1) USL 0.x will enrich not only the math education that helps each USL x participating regions, 2) but also to prosper together as Social Enterprise board members of the corresponding regions. 3) once the UN gets involved, then the certain portions of the massive surpluses to their local or regional economies will be properly redistributed for the global social, energy, environmental, equality and poverty causes.